que o novo sempre vem

 

Shiva_in_rishikesh (1)

por Mariana Paiva

A aula era sobre outra coisa, mas virou isso. Foi de repente que o professor anunciou, no meio da sala: se a maioria da turma é de mulheres, achava mais do que justo se dirigir ao coletivo no feminino. Teve um aluno que olhou pro caderno pra disfarçar seu mal-estar. Outro varreu a sala com os olhos pra se segurar em outro olhar que estivesse tão incomodado quanto. Todos eles, de repente, parte de um coletivo chamado “garotas”.

Ainda falta muito pro dia do professor, então antecipo aqui minha homenagem a Thiago. É que não se pode ser professor sem ter coragem. Sabe qual? A de tirar tudo – absolutamente tudo – que se aprendeu do papel. De desconstruir os preconceitos aprendidos na infância, no almoço de domingo da família, na mesa do bar com os amigos. Abrir o coração é bom porque toda hora pode: a aula pode ser de italiano, de trigonometria, de física quântica ou de latim, não importa. Professor de verdade sabe que seu papel vai além da matéria que ensina. É preciso dar um passo adiante no dia, na semana, na vida.

Ou então correr o risco de durar só um semestre ou um ano na vida do aluno. Existir exatamente o tempo preciso de ele entrar no sistema e ver a palavra aprovado. Esperar o fim de semana passar e encontrá-lo na esquina vendendo os livros com os quais estudou, esperar 15 dias e ele nem lembrar mais o nome de quem ensinou a disciplina. Esse tipo de aluno feito sob medida para o professor com data de validade pro fim do semestre.

É isso ou ser como Thiago. Estar ali, de repente, em frente a pessoas que acabou de conhecer, e trazer novidades como essa: meninas e meninos, vocês agora são garotas. E por uma simples questão de matemática (que não era, à propósito, tema da aula), de maioria numérica. Sim, a gente aprendeu o contrário, mas ninguém disse que tem que ficar grudado e abraçando isso pra sempre. Quem é esperto, vai saber: a vida está aí pra ser repensada todo dia. E então estamos todos um passo à frente (juntos é sempre melhor). E por que não?

 

  • a foto é de Shiva, o Transformador
Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: